Conecte-se conosco




Política

Pastor Marco Feliciano defende discurso de Bolsonaro na ONU nas redes sociais

Publicado

em

Deiscurso na ONU de bolsonro é defendido por Feliciano

Em suas redes sociais, o deputado federal e Pastor Marco Feliciano defendeu o presidente Jair Bolsonaro, depois que uma avalanche de críticas inundou a Internet após o discurso do chefe da nação na ONU. O fato aconteceu, na manhã de terça 24, e o parlamentar gravou um vídeo para expor sua opinião acerca do acontecimento.

+ Pastor Junior Trovão é detonado por pregador durante Encontro CIIMISU em Suzano-SP

Bolsonaro fez o discurso de abertura na 74ª Assembléia Geral da ONU, nesta terça feira. O pastor que já esteve com o presidente em diversas ocasiões, não o acompanhou desta vez. Mas, Marco Feliciano demonstrou seu apoio mesmo sendo apenas pelas redes sociais.

Em seu vídeo no Twitter, o religioso declarou que mais uma vez, o chefe da nação se mostrou um completo estadista, afastou de vez a cobiça das nações estrangeiras pela Amazônia brasileira. Acrescentou ainda que diante dos outros líderes mundiais, desmascarou o neo-colonialismo de Macron.

Feliciano afimou que Jair, demonstrou na Assembléia que ninguém preserva mais o meio ambiente do que o Brasil.

Bolsonaro sua fala defendeu os valores mais caros aos brasileiros, que é a família, a democracia, a tradição e a liberdade religiosa. Disse Também que ele deu voz a milhões de brasileiros e disse o que o povo pensa.

Ainda, afirmou que Jair, denunciou as ditaduras dos países vizinhos. Também falou sobre os anos de governo do PT e citou o ótimo trabalho que o Ministro Moro vem realizando. O chefe da nação ainda lembrou de sua recuperação, e que esteve na Assembléia para a honra e graça de Deus.

O Pastor ainda lembrou do lema da campanha de Bolsonaro, Brasil acima de Tudo e Deus acima de Todos. Marco Feliciano fechou seu discurso no Twitter de apoio às palavras do presidente na ONU abençoando a todos os seus seguidores. 



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Política

Marco Feliciano gasta R$ 157 mil com tratamento dentário e acaba processado por advogado

Publicado

em

Tratamento dentário de Marco Feliciano

O pastor e deputado federal Marco Feliciano está sendo processado por um advogado após o evangélico gastar R$ 157 mil em um tratamento dentário.

De acordo com a ação aberta pelo advogado mineiro Douglas Henrique Valente, ele pede a anulação do reembolso de R$ 157 mil pagos pela Câmara dos Deputados a Marco Feliciano, por um tratamento odontológico.

Diante as repudia com o uso de dinheiro público, o advogado abriu a ação no final de outubro desde ano, alegando que o reembolso seria "imoral" e configuraria desvio de finalidade, já que o tratamento do deputado seria, na verdade, estético.

Sobre a revelação de que teria gastado um valor exorbitante com tratamento dentário, o pastor Marco Feliciano alegou que o motivo era uma correção de um problema de articulação na mandíbula, além de implantes e aplicação de coroas na boca.

Em consequências de dores crônicas, o parlamentar alegou que era impossível viver daquele jeito, e que como a boca era ferramenta do seu trabalho e pregação, precisou buscar ajuda odontológica.

Apesar das críticas, o pastor Marco Feliciano se manteve firme em sua posição e nos gastos para o tratamento. "Sou político e pregador. Minha boca é minha ferramenta".

O advogado, que se mantem firme na anulação do ressarcimento dos R$ 157 mil, também pede na justiça que o segundo vice-presidente e a Mesa Diretora da Câmara não autorizem novos reembolsos deste tipo para qualquer parlamentar.

Um tratamento dentário costuma ter valores bem acima de outros procedimentos médicos, mas o que chama á atenção são os gastos que Marco Feliciano vem gastando.

Ou seja, uma pessoa que deveria ser exemplo acaba tendo o seu nome envolvido em polêmica dentro e fora da carreira evangélica e política.

Ainda não se sabe o que os fiéis que seguem Marco Feliciano acham de tal gastos.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Política

Filho de R.R Soares pode assumir alto cargo no Governo Bolsonaro

Publicado

em

Filho de R.R Soares

Marcos Soares, que é filho do líder religioso R.R. Soares e ex deputado federal, pode assumir um cargo muito importante em breve. O governo do presidente Bolsonaro, busca um novo secretário da Cultura. Mas, outras figuras importantes estão sendo avaliadas para a função.

+ Expulsa do partido do presidente, Joyce Hasselmann ataca pastor Silas Malafaia

Após, Ricardo Braga, que presidia o cargo de secretário da Cultura, transferido recentemente, o evangélico passou a ser cotado para o cargo. Bolsonaro, avalia a possibilidade do pastor, auxiliar seu governo. E, na tarde desta quinta feira, dia 07 de Novembro, o presidente irá se reunir com R.R. Soares.

A pasta da Secretária de Cultura, já passou por inúmeras modificações apenas este ano. Caso Marcos assuma, será a terceira pessoa em três meses a assumir a responsabilidade. A menos de dois meses, Henrique Pires foi demitido do posto, por conta de polemicas, quanto à pauta de costumes.

A demissão do último líder da pasta, ao que tudo indica foi deposto por conta de não concordar com uma suposta censura. Com isso, o economista Ricardo Braga, passou a comandar as funções. Ele foi escolhido à época pelo próprio presidente, sem que esse consultasse qualquer Ministro.

Marcos Soares, quando ocupou o cargo de parlamentar, propôs que se incluísse a disciplina de Moral e Cívica. Ele também sugeriu que as crianças dessa etapa, voltassem a cantar o Hino Nacional. Ele ainda chegou a tocar sobre o assunto aborto, em seu mandato.

Outra proposta de Lei do parlamentar, diz respeito aos direitos autorais. Marcos Soares propôs que os direitos autorais não fossem cobrados. Mas, apenas no caso do compositor e executante de uma canção fossem a mesma pessoa.

Portanto, Marcos Soares que já elaborou projetos significativos sobre Cultura, pode ocupar um cargo muito importante em breve. O governo do presidente Bolsonaro, tem dado grande importância aos líderes evangélicos. O filho de R.R. Soares, pode ser o mais novo colaborador dentro desse universo. 





O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Política

Colado em Bolsonaro, pastor Marco Feliciano faz campanha de boicote a Rede Globo

Publicado

em

Marco Feliciano se volta contra Tv Globo

O pastor Marco Feliciano usou a sua conta do Instagram para fazer uma campanha de boicote a Rede Globo em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo Bolsonaro.

+ Caio Fábio arma briga com Silas Malafaia e insinua que pastor trai a esposa

O boicote de Marco Feliciano começou depois que a Rede Globo divulgou uma possível ligação do Presidente Jair Bolsonaro com o assassinato da Vereadora Marielle Franco.

De acordo com a reportagem da TV Globo, um dos assassinos de Marielle teria ido até o condomínio onde Bolsonaro residia no Rio de Janeiro. O porteiro do prédio disse à justiça que a pessoa que recebeu o acusado seria o próprio Bolsonaro.

Mas, investigações mostraram que Bolsonaro estava em Brasília na data mencionada. Já na quarta-feira (30), o Ministério Público chegou à conclusão que o porteiro mentiu sobre o envolvimento de Bolsonaro no caso. Logo a TV Globo publicou uma matéria sobre o caso, esclarecendo a mentira.

Neste gancho, o pastor e deputado Marco Feliciano fez um post no Instagram pedindo o boicote contra a Rede Globo. De acordo com o evangélico, a emissora tenta denegrir a imagem do presidente Bolsonaro a todo momento.

"A Rede Globo tentou associar o Presidente Bolsonaro ao assassinato de Marielle Franco. Chega de cruzar os braços! Boicote a Globo Já".

Nos comentários, os seguidores e apoiadores de Feliciano disseram que vão seguir com o boicote. Disseram também que a empresa precisa ser responsabilizada pela forma errônea que divulgou as informações sem antes o MP concluir o caso.

Logo após a divulgação da matéria pela Rede Globo, o presidente Bolsonaro fez uma live nas redes sociais se defendendo das acusações.

No vídeo publicado durante viagem pela Arábia Saudita, Bolsonaro acusou o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), de vazar para a Globo o processo que corre em segredo de justiça.

O presidente da República reagiu gritando e xingando a Globo de "canalha" e que a emissora faz "patifaria" em vez de jornalismo. "Vocês infernizam a minha vida, porra!", disse Bolsonaro bastante revoltado.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Recentes

POPULARES