Conecte-se conosco




Pastor

Pastor é preso por estelionato após aplicar golpe de mais de R$ 90 mil em fiéis

Publicado

em

Pastor estelionatário é preso

Foi preso na manhã de terça-feira (8) um pastor suspeito de estelionato. A polícia civil cumpriu mandados de busca e apreensão na casa, na igreja, no escritório e também na empresa do pastor. As investigações começaram mais ou menos a cerca de seis meses, com a notícia dos próprios fiéis, que foram até a delegacia denunciando que tinham sido vitimas do pastor.

+ Homem suspeito de matar policial se esconde dentro de igreja evangélica

O suspeito de estelionato, Jesiel Júnior Costa Oliveira, de 40 anos, da cidade de Divinópolis, é dono de uma empresa que faz recursos de multa de trânsito. E ele convidou essas vítimas para serem sócias. Para umas, ele ofereceu franquia, quando na realidade ele não é franqueador. Para outras, ele oferece sociedade.

Todas as vítimas do religioso são fiéis da igreja, que já o conhecia de muitos anos. Uma delas teria feito um depósito de R$ 90 mil na conta da Igreja Batista Filadélfia Internacional, da qual o pastor é líder.

A polícia diz que os depósitos eram feitos para o pastor na conta da igreja para evitar tributação.

Na apreensão, a polícia recolheu dinheiro na casa de Jesiel vindo de doações da igreja, dinheiro em moeda do exterior, computadores, uma camionete, documentos, passaportes, carnês de pagamento que traria de volta a pessoa morta após o pagamento, mexendo com a fé e a ingenuidade dos fiéis. etc.

Em depoimento, o líder da igreja falou que todas as pessoas que se dizem vítimas de estelionato na verdade fizeram doação e não compra de participação da empresa.

Ele foi preso preventivamente, as autoridades vão concluir com a investigação e foram bloqueados os bens do pastor para que as vítimas possam ser ressarcidas.

Jesiel tem igrejas em Belo Horizonte e na Venezuela, e por isso a polícia acredita que mais vítimas possam aparecer.

Em entrevista ao G1, o pastor diz que está sendo perseguido, pois a igreja é antiga na cidade e muitas pessoas querem o seu mal.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Recentes