Conecte-se conosco




Mundo Gospel

Corrente de oração salva homem de tumor cerebral por duas vezes

Publicado

em

Oração cura jovem de tumor cerebral

Uma história comovente está circulando na internet mostrando que uma corrente de oração conseguiu salvar a vida de um homem que lutava contra um tumor cerebral.

+ Depois de descer a marreta no meio gospel, pastor Lucas se arrepende e pede perdão

Tudo começou quando Kelvis de Freitas, morador da cidade de Palmas, foi diagnosticado com um tumor cerebral logo após se sentir mal em julho deste ano.

Sobre o caso, a esposa de Kelvis disse que após descobrirem o tumor, foi feita uma cirurgia, que inicialmente tinha dado certo. Mas 4 dias depois, o seu marido apresentou uma hidrocefalia que quase o levou a morte.

Ficando em coma por algum tempo, Kelvis não apresentava perspectiva de melhora, e restava apenas aguardar a resposta cerebral. Assim, com esse quadro grave, os médicos acreditavam que ele jamais iria acordar, e que não existia mais esperança pela cura do tumor cerebral.

Foi neste momento que a esposa de Kelvis pediu que os dois filhos do fizesse oração pela cura do pai. Foi aí que surgiu uma corrente dentro e fora do hospital durante todo o tempo que o paciente ficou internado.

Portanto, com o poder da corrente de oração, cerca de 15 dias depois, uma ressonância mostrou uma melhora no quadro de saúde de Kelvis, onde o infiltrado do câncer havia regredido.

Para a esposa de Kelvis, o seu esposo viveu um milagre, e não teria como não atribuir a Deus essa cura nos últimos meses. Essa é a segunda vez que Kelvis passa por um problema grave de saúde e foi curado pelo poder da oração.

Quando ele tinha 18 anos, foi diagnosticado com o carcinoma do plexo coroide, doença rara que atinge o sistema nervoso central. Mesmo com 2% de chances de vida, com a possibilidade de sequelas, Kelvis se recuperou bem. Teve forças para lutar mais uma vez contra uma doença grave, pelo poder milagroso de Deus e a corrente de orações.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Recentes