Conecte-se conosco




Justiça

Flordelis se torna perigo para o filho e juíz suspende visita dela por motivo de segurança

Publicado

em

Flordelis se torna perigo para o filho

De acordo com decisão judicial, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) não poderá visitar o filho Lucas dos Santos que está preso acusado de matar o pastor Anderson do Carmo. O motivo seria a segurança do jovem, onde as autoridades entendem que essa aproximação da cantora gospel com o filho pode colocar a vida dele em perigo.

+ Abatida, Flordelis confirma CIM2019 mesmo com mistério sobre morte do marido

Tanto Lucas dos Santos, como o outro filho adotivo do casal, Flávio dos Santos, foram presos e são acusados do assassinato do pastor Anderson do Carmo, esposo de Flordelis em junho deste ano em Niterói (RJ).

Sem a visitação de Flordelis, Lucas só poderá receber visitas de outras 4 pessoas que não tem ligação da família. Um deles é o irmão Daniel dos Santos, que teria sido incluído na lista a pedido do próprio Lucas.

Na época do depoimento, Daniel a mãe cantora gospel da morte do pastor Anderson do Carmo, e disse que o irmão Lucas era inocente. Além de Daniel, a ex-patroa de Lucas, Regiane Ramos, o marido dela, Márcio Faria, e o defensor público Jorge Mesquita também estão autorizados a visitarem o rapaz.

A magistrada Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, afirmou que a medida é necessária para a segurança do rapaz. Apesar de uma carta escrita de próprio punho assumindo o assassinato do pastor Anderson do Carmo, Lucas dos Santos nunca assumiu a autoria do crime para os policiais.

Por isso, as autoridades estão investigando a confecção desta carta assinada por Lucas para saber se algo pode estar sendo encoberto. Desde a morte do pastor Anderson do Carmo no começo do ano muitas perguntas ainda não foram respondidas.

Uma delas é o sumiço do celular do pastor que teria sido usado logo após o assassinato dele em casa. Outra situação é o número de tiros que Flordelis disse ter ouvido, e a quantidade de balas encontradas no corpo que não coincidem.

Também, algumas pessoas ligam o assassinato do pastor Anderson do Carmo com a deputada Flordelis, onde até mesmo a mãe dele teria dito que ela foi a mandante do crime.

As investigações ainda procedem e parece que o nome de Flordeliz não ficará longe das noticiais policiais.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Recentes