Connect with us

Gente

Jovem evangélica que não obedeceu a mãe é encontrada morta em cima de altar de igreja

Published

on

Uma jovem evangélica, segundo informou uma vizinha, não teria ouvido o conselho da mãe para não voltar ao local de onde teriam armado uma tenda para igreja. Horas depois a moça foi encontrada morta em cima do altar por diácono da congregação.

Copiar linkPastores são presos após abusarem sexualmente de crianças em Minas Gerais

Larissa Francisco Maciel tinna 23 anos e sua morte está sendo investigada pela 11ª Delegacia de Polícia. O caso que está sendo tratado como criminoso, tem chocado os fiéis da congregação, pois os investigadores revelaram que a vítima estava nua e com sinais de queimaduras nas partes íntimas.

O corpo foi encontrado às 8h40 de segunda-feira por moradores da região, que acionaram a Polícia Militar. A partir disso, iniciou-se o trabalho de identificação da jovem.

Pastor pede R$ 13 mil reais para ressuscitar esposa morta de fiel

Segundo informou uma vizinha de Larissa ao G1, durante a madrugada, a vítima foi até a própria residência para trocar de roupa. “Ela tinha ido até o local para trocar a blusa, pois havia se sujado. Lembro-me de ouvir a mãe dela desesperada, pedindo para que a filha não saísse de casa de novo. Mas não adiantou”, contou a auxiliar de serviços gerais, de 35 anos, que também não quis ser identificada.

Após ser encontrada pelo diácono da  Igreja Evangélica Tenda da Libertação , notou-se que a jovem tinha ferimentos na cabeça, os peritos constataram que haviam marcas de estrangulamento na evangélica e as peças íntimas indicavam ter sido queimadas. Devido as marcas no pescoço, consta na Certidão de Óbito que a causa morte foi por asfixia. Contudo a Polícia continuará a investigar o caso, até que se chegue a um suspeito do crime.

O caso poderá ser tratado como feminicídio, pois um tio da vítima disse ao portal G1 que antes do crime , Larissa foi vista com um homem, em um posto de gasolina.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Recentes