Connect with us




Polícia

Casal de lésbicas é preso suspeita de matar família carbonizada dentro do porta malas do carro

Ana Flávia Menezes Gonçalves é acusada de matar a família junto com a companheira, Carina Ramos

Published

on

Família morre assassinada por iflha

Em resposta rápida à um dos crimes mais bárbaros que aconteceu em São Bernardo do Campo, São Paulo na última semana onde uma família foi encontrada carbonizada dentro do veículo, a Polícia prendeu na quarta-feira (29), a filha e irmã das vítimas . Ana Flávia Menezes Gonçalves é acusada de matar a família junto com a companheira, Carina Ramos, que também foi presa.

A Polícia Militar foi acionada para verificar uma ocorrência de veículo queimado na estrada Montanhão, no bairro de mesmo nome. Antes de a PM ser acionada, moradores da região chamaram os bombeiros, que foram ao local para apagar o fogo.

As duas prestaram depoimentos sobre o crime. Mas acabaram entrando em contradição quanto a versão, que também não condizia com imagens de câmeras de segurança. Em umas das imagem da gravação, o carro de Ana Flávia foi registrado saindo do condomínio em que a família morava seguido por um Jeep Compass. Esse foi o mesmo veículo que foi encontrado em chamas algumas horas depois com a mãe, o pai e o irmão de 16 anos dela. Todos morreram carbonizados dentro do porta-malas.

Ana Flávia e Carina tinham hematomas pelo corpo quando prestaram depoimento à polícia. As vítimas se chamam Romuyuki Gonçalves, Flaviana Gonçalves, e o filho Juan Gonçalves.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Reading

Recentes