Crime

Homem negro espancado por seguranças no Carrefour e esposa vê marido morrer na pancada

O negro João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos foi morto no estacionamento do supermercado do Carrefour na noite de quinta-feira (20), em Porto Alegre, após uma discussão. A esposa da vítima presenciou toda ação dos seguranças que espancou seu marido até a morte.

Segundo informações, o homem teria discutido com a caixa do supermercado e após ficar exaltado, foi agredido por dois homens, sendo um segurança terceirizado do local e um policial a paisana que fazia compras.

Luto nacional: Atacante da Seleção Brasileira é assassinada a tiros

No vídeo que caiu nas redes sociais é possível ver o homem sendo espancado até a morte. Apesar da chegada do socorro, ele acabou morrendo no local.

A esposa da vítima, Milena Borges Alves, 43 anos, afirmou que o marido pediu ajuda, mas ninguém se prestou a dar qualquer assistência enquanto o esposo apanhava.

O Carrefour se pronunciou sobre o caso dizendo que já cortou o contrato com a empresa terceirizada de segurança, alegando que está dando todo o suporte aos familiares da vítima.

Os suspeitos, identificados como Magno Braz Borges e Giovane Gaspar da Silva, foram autuados por homicídio qualificado.

Apoio : Hidrosmart- desentupidora em São Paulo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo